Airsoft


O ESPORTE

Airsoft é um jogo onde os participantes realizam simulações de ações policiais ou militares de combate utilizando armas de pressão e táticas de guerra.

As armas de pressão utilizadas para prática de Airsoft são, em sua maioria, réplicas fiéis de armas de fogo reais em escala de 1:1. Podem ser de metal, plástico (ABS) e/ou madeira e disparam projeteis feitos de PVC com 6mm de diâmetro, conhecidas como BBs (Bullet Balls). As armas são classificadas de acordo com o mecanismo operacional que utilizam: armas com propulsão somente via molas são denominadas Springers; armas com mecanismos elétricos são denominadas AEGs e armas com mecanismos a gás são denominadas GBBs.

As armas de pressão existentes não se limitam a somente armas e rifles. Existem também lançadores de granadas, pistolas, minas e afins, tudo para tornar os jogos mais realistas possível.

Airsoft nasceu e é bastante popular nos países asiáticos, como o Japão, China, Hong Kong, Taiwan, Macau, Coréia do Sul e Filipinas, onde armas reais são difíceis de obter devido a leis locais. Porém, durante a última década o esporte tem se difundido rapidamente no Ocidente, especialmente nos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, França, Espanha, Portugal, Itália e Bélgica.

No Brasil, o Airsoft começou a ser divulgado em 2003 pelo Portal Airsoft Brasil. Após diversas reuniões com a Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados, o Airsoft passou a ser conhecido pelo Órgão do Governo Brasileiro que regula os produtos considerados controlados no país. Esta reunião deu início a elaboração de diversas minutas que resultaram na edição da atual Portaria que oficialmente cita o nome Airsoft no Brasil. Sendo assim, em Dezembro de 2007, foi lançada a Portaria Nº 006-D LOG, que regulamenta o uso dos equipamentos usadas na prática do Airsoft. Em Fevereiro de 2010, o exército publicou então a Portaria 002 Co-Log, que revogou a portaria anterior e passou a exigir que as armas de pressão de Airsoft tenham a extremidade pintada de laranja ou vermelho vivo para diferenciá-las das armas de fogo. Graças a portaria e ao aparecimento de lojas nacionais, a comunidade dos jogadores está cada vez mais ativa e crescente. O esporte tem sido mais divulgado e já conta atualmente com centenas de jogadores espalhados por todo o território nacional.

 


OS EVENTOS

O Airsoft pode ser praticado em qualquer local e ambiente, portanto, as possibilidades são infinitas. Os jogos mais comuns são organizados por times ou grupos de jogadores em locais abandonados ou em áreas abrangentes ao ar livre e normalmente tem duração de um dia.

Fábricas, depósitos e afins proporcionam um jogo denominado CQB, sendo as distâncias mais curtas e os obstáculos esquinas, escadas, paredes, portas e afins. Florestas, bosques e terrenos possuem ambientes mais abertos, sendo as distâncias mais longas e os obstáculos árvores, folhagem, moitas, pedras e afins.

Normalmente, existem missões que devem ser cumpridas por cada um dos times, de forma a deixar o jogo mais interessante e provocar o encontro de ambos os times. As regras variam de lugar para lugar e são definidas pela organização de cada evento. Durante os jogos, situações de combate são intensas e táticas militares são comumente utilizadas para cumprir missões e surpreender os inimigos. Os participantes normalmente utilizam equipamentos táticos e acessórios utilizados por forças militares e policiais do mundo todo.

Os jogos de Airsoft normalmente são freqüentados apenas por aqueles que residem próximos ao local onde será realizado. Porém, no decorrer do ano, algumas megaoperações são realizadas ao redor do Brasil onde jogadores do país inteiro se encontram para praticar o esporte e confraternizar. Alguns exemplos são a Operação Fênix, realizada em Curitiba/PR, a Hell on Earth, realizada em Flores da Cunha/RS e a Operação Lágrimas do Sol, realizada em São Paulo/SP. Estas operações, devido a seu tamanho e logística necessária, normalmente duram de 2 a 3 dias.
 


EQUIPAMENTOS DE SEGURANÇA

O equipamento de segurança mais importante e o único essencial para prática de airsoft são os óculos de proteção. Tiros, mesmo que dados de perto, causam danos mínimos para outras partes do corpo, porém podem cegar o indivíduo caso o mesmo esteja com os olhos descobertos.

Óculos de grau tradicionais, óculos de sol e máscaras não feitos especialmente para resistir a impactos podem quebrar ou estilhaçar quando atingidos provocando danos aos olhos. Sendo assim, é muito importante que o participante tenha cuidado e adquira seus óculos em lojas especializadas e se certifiquem que os mesmos são a prova de impacto.

Máscaras que cobrem o rosto inteiro (similares com as máscaras de paintball) protegem partes vulneráveis do rosto como os dentes. Algumas máscaras de airsoft são feitas com grades, mas existe um debate que fragmentos de BBs de baixa qualidade ou BBs biodegradáveis podem passar pela grade e atingir os olhos. Se possível, procure na internet testes sendo feitos com o modelo de óculos que você está comprando. Máscaras com grade não embaçam, porém reduzem a visão razoavelmente. Enquanto mascaras que cobrem a face inteira oferecem mais proteção, elas podem geralmente interferem no uso de miras e afins.

Independente de qual proteção visual você escolha, deve sempre ficar de olho no equipamento. Caso alguma rachadura ou trinca apareça, substitua os óculos o quanto antes!

Outros equipamentos de segurança não obrigatórios mas comumente utilizados são coturnos, coletes, capacetes, luvas e afins. Alguns destes equipamentos são inclusive originais, ou seja, são os mesmos utilizados por soldados reais ao redor do mundo.

 


RESTRIÇÕES LEGAIS

Possuir uma arma de airsoft e jogar é legal em várias partes do mundo, inclusive o Brasil. Porém, a lei deve sempre ser seguida para evitar problemas para você mesmo e também para o esporte.

As armas de airsoft são consideradas legais no Brasil desde que seja comprovado que sua entrada no país tenha sido feita de forma lícita, ou seja, com o aval do Exército. O modo mais fácil e seguro de se adquirir uma arma de airsoft no Brasil é através de lojas oficiais. A lista destas lojas pode ser encontrada no Portal Airsoft Brasil.

Uma vez que as armas comercializadas por estas lojas oficiais são vistoriadas pelo Exército Brasileiro durante o processo de importação, basta você andar com a nota fiscal da compra juntamente com a arma para provar que ela entrou de forma lícita no país.

É necessário que todas as armas de airsoft possuam suas pontas pintadas de laranja ou vermelho para diferenciar as mesmas das armas de fogo. Isso faz parte da lei e deve ser seguido inclusive durante os jogos.

Finalmente, é importante ressaltar que as armas devem sempre ser transportadas desmuniciadas e no porta-malas a fim de evitar qualquer confusão.

Tendo a NF da arma, a ponta pintada e estando no porta-malas, você não terá problemas com as autoridades caso você venha a ser parado enquanto transportando suas armas de airsoft.